AJUDANDO A ACESSAR E VISUALIZAR

Este site foi desenvolvido para ser acessado a partir dos navegadores usuais. Melhores resultados são obtidos utilizando o Chrome, Firefox ou Internet Explorer 8.0 ou superior.

AJUDANDO A NAVEGAR

São 2 (duas) as opções de navegação: escolha a mais confortável para você. Além do menu principal (todo o tempo no mesmo local), você pode utilizar o mapa do site, para uma navegação mais objetiva e direta.

AJUDANDO A ESCOLHER

O conteúdo está organizado de acordo com o Menu Principal e seus submenus. A escolha da informação será por ele ou pelo campo busca(lado direito superior) onde você poderá digitar a palavra ou expressão e clicar na palavra BUSCAR. Serão retornados links contendo o texto pesquisado.

AJUDANDO A SE LOCALIZAR

Utilize o pathway ou breadcrumb ou seja “migalhas de pão” (quase sempre no canto superior esquerdo da tela). Ali estão os menus e submenus que você percorreu desde a página inicial.

AJUDANDO A SE INFORMAR

A página de abertura do sítio (inicial) já abre com a Notícia Principal atualizada. As notícias anteriores são armazenadas em um Banco de Notícias de fácil acesso e consulta.

AJUDANDO A TIRAR DÚVIDAS

O menu Dúvidas Freqüentes ou simplesmente Dúvidas está disponível com diversas perguntas e respostas para auxiliá-lo. Caso ainda permaneça a dúvida você pode utilizar o Fale Conosco para enviá-la. Uma orientação no prazo de 48 horas será devolvida para o seu e-mail.


GLOSSÁRIO

ACESSIBILIDADE – significa não apenas permitir que pessoas com deficiências participem de atividades que incluem o uso de produtos, serviços e informação, mas a inclusão e extensão do uso destes por todas as parcelas presentes em uma determinada população.

BROWSER – ou navegador é um programa que habilita seus usuários a interagirem com documentos HTML (em linguagem de hipertexto) hospedados em um servidor Web, de acesso à Internet.

CASCADING STYLE SHEETS (CSS) – é uma linguagem de estilo utilizada para definir a apresentação de documentos escritos em uma linguagem de marcação, como HTML ou

XML. Seu principal benefício é prover a separação entre o formato e o conteúdo de um documento.

CERTIFICADO DIGITAL – é um arquivo de computador que contém um conjunto de informações referentes a entidade para o qual o certificado foi emitido (seja uma empresa, pessoa física ou computador) mais a chave pública referente a chave privada que acredita-se ser de posse unicamente da entidade especificada no certificado.

DOMAIN NAME SYSTEM (DNS) – é um sistema de gerenciamento de nomes hierárquico e distribuído operando segundo duas definições:

a) examinar e atualizar seu banco de dados e

b) resolver nomes de servidores em endereços de rede (IPs).

DOMÍNIO – é um nome que serve para localizar e identificar conjuntos de computadores na Internet. O nome de domínio foi concebido com o objetivo de facilitar a memorização dos endereços de computadores na Internet.

E-TAG – é um cabeçalho de resposta HTTP retornado por um servidor utilizado para determinar uma mudança no conteúdo de um endereço.

HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL (HTTP) – é um protocolo de comunicação utilizado para transferir dados por intranets e pelo World Wide Web.

JAVASCRIPT – é uma linguagem de programação criada pela Netscape em 1995, que a princípio se chamava LiveScript, para atender, principalmente, as seguintes necessidades:

a) validação de formulários no lado cliente e

b) Interação com a página. Sua utilização possibilita modificar dinamicamente os estilos dos elementos da página em HTM.

MEGABYE – é uma unidade de medida de informação que equivale a 1000000 Bytes (segundo SI) ou a 220 = 1048576 Bytes, dependendo do contexto.

METATAGS – são linhas de código HTML, ou “etiquetas”, que, entre outras coisas, descrevem o conteúdo de um sítio para os buscadores. É nelas que são inseridas as palavras-chaves que facilitarão a vida do usuário para encontrar o sítio procurado.

POP-UP – é uma janela extra que abre no navegador ao visitar uma página web ou acessar uma hiperligação específica. A pop-up é utilizada pelos criadores do sítio para abrir alguma informação extra ou como meio de propaganda.

PORTABLE DOCUMENT FORMAT (PDF) – é um formato de arquivo, desenvolvido pelo Adobe Systems em 1993, para representar documentos de maneira independente do aplicativo, hardware, e sistema operacional usados para criá-los. Um arquivo PDF pode descrever documentos que contenham texto, gráficos e imagens num formato independente de dispositivo e resolução. O PDF é um padrão aberto, e qualquer pessoa pode escrever aplicativos que leiam ou escrevam PDFs.

SCRIPT – Códigos de aplicativos escritos em alguma linguagem de programação.

UNIFORM RESOURCE LOCATOR (URL) – é o endereço de um recurso (um arquivo, um sítio, um computador), disponível em uma rede; seja a Internet, ou uma rede corporativa, uma intranet.

USABILIDADE – é um termo usado para definir a facilidade com que as pessoas podem empregar uma ferramenta ou objeto a fim de realizar uma tarefa específica e importante. A usabilidade pode também se referir aos métodos de mensuração da usabilidade e ao estudo dos princípios por trás da eficiência percebida de um objeto.

WORLD WIDE WEB CONSORTIUM (W3C) – é um consórcio de empresas de tecnologia, atualmente com cerca de 500 membros. O W3C desenvolve padrões para a criação e a interpretação dos conteúdos para a Web. Sites desenvolvidos, segundo esses padrões, podem ser acessados e visualizados por qualquer pessoa ou tecnologia, independente de hardware ou software, de maneira rápida e compatível com os novos padrões e tecnologias que possam surgir com a evolução da internet.