Por meio de uma iniciativa do Centro Educacional do Carinhanha (CEC/FUCAM), as turmas do curso Técnico Agropecuário aumentaram e mostraram grandes progressos na área ambiental. No último sábado (10), em parceria com a Associação Cantinho do Céu, as turmas foram divididas em dois setores. Acompanhadas pelos professores Luiz Antônio Silva dos Santos e Geraldo Fábio de Macedo Soares, a turma 01 realizou trabalhos para estudar os solos existentes na fazenda. Simultaneamente, os alunos da turma 02 fizeram trabalho de campo para conhecer quais estruturas serão utilizadas nas aulas práticas do curso, acompanhados pelos professores Guilherme de Jesus Fogaça e Marla Cecília da Silva Alkimin.

ALUNOS 2

Para o professor Luiz Antônio, “Houve avanços no sentido dos mesmos terem absorvido o conhecimento passado. O curso tem 3 módulos de 6 meses cada. A experiência é excelente, principalmente pra mim que tenho graduação e pós graduação na área”, contou o professor.

Com duração de 1 ano e meio, o curso técnico agropecuário oferece as disciplinas de Agropecuária, Irrigação, Drenagem, Solos, Desenho Técnico, Cooperativismo, Associativismo, Zootecnia e Gestão Ambiental. As aulas teóricas acontecem entre segunda e sexta-feira e, aos sábados e feriados eles colocam em prática toda matéria ensinada ao longo da semana.

ALUNOS 3

Márcia Rodrigues, 27 anos, é aluna do curso técnico. Ela, que veio de uma família na qual é a única mulher entre os sete irmãos, todos trabalhadores rurais e semi analfabetos, sonha em trilhar um caminho diferente através dos estudos. Márcia está no segundo módulo e contra sobre as experiências no curso. “Sempre fui apaixonada pelo campo e por tudo que envolve animais e natureza. Estou levando comigo todas as experiências do curso, depois que eu terminar sei que muitas portas vão se abrir pra mim. Eu penso em continuar estudando, arrumar uma profissão em uma das áreas que o curso oferece, principalmente, na área de zootecnia, a que eu mais me identifiquei”, contou a auxiliar de serviços gerais.

ALUNOS

Texto: Gabi Coelho

Foto: Centro Educacional do Carinhanha (CEC/FUCAM)