Participantes do Seminário de Gestores da FUCAM em Esmeraldas (MG)

Entre os dias 03, 04 e 05 de abril, gestores da Fundação Educacional Caio Martins (FUCAM) e representantes da Secretaria de Estado de Educação (SEE) e da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (SEDESE) se reuniram no Centro Educacional de Esmeraldas (CEE) em Esmeraldas (MG), região metropolitana de Belo Horizonte (MG), para realizarem o primeiro Seminário de Gestores do ano. Entre os assuntos, o balanço da gestão da instituição em 2017, o planejamento financeiro e de ações, as estratégias de atuação nos territórios e organização estrutural da FUCAM estiveram em pauta e foram debatidas e trabalhadas pelo grupo.

Com o mote “ouvir para governar”, forma como o atual governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, trabalha a frente da gestão do Estado desde que foi eleito para assumir a tarefa de governar para os mineiros em 2015, a presidente da FUCAM, Maria Tereza Lara, iniciou o Seminário de Gestores no dia 03 de Abril, dando boas vindas a todos e concedendo o direito de fala aqueles que estão na ponta e vivem o dia a dia desafiante de administrar as unidades da instituição.

Coordenadores e Vice-coordenadores tiveram a oportunidade de falar sobre suas dificuldades, suas conquistas e seus desafios para o público presente no evento. Juntos, eles mostraram as particularidades e conquistas em cada Centro Educacional, tornando o debate rico e de fundamental importância para o avanço da instituição. Segundo a presidente, “esse momento é de extrema importância para o sucesso do trabalho da FUCAM em seus territórios de atuação, já que o papel social realizado pelos Centros Educacionais, quando feito com eficácia, seriedade e compromisso, reflete positivamente em toda sociedade atendida e fortalece as políticas públicas implantadas pelo governo”.

Para atender as expectativas dos Centros Educacionais e colaborar com os seus principais anseios em 2018, foi realizado o momento de planejamento das ações de cada unidade, analisando quais são os projetos que entram na pauta de prioridade para execução ainda este ano. Para o vice-presidente da FUCAM, Gildázio Santos, “seminário de gestores da FUCAM, além de discutir desafios, perspectivas, estratégias de enfrentamento das dificuldades, definição de prioridades, agendas, foi um momento rico de estreitamento de laços e fortalecimento da rede FUCAM, nivelamento das informações, alinhamento de métodos de trabalho, que proporcionou um conhecimento de todos os envolvidos que impactará e muito nas comunidades e territórios abrangidos pelos trabalhos das políticas públicas desenvolvidas pela Fucam.

Um outro momento importante do Seminário de Gestores e que vem para fortalecer o trabalho de direção dos Centros que estão localizados nos municípios de Esmeraldas (MG), Buritizeiro (MG), Januária (MG), Juvenília (MG), São Francisco (MG) e Riachinho (MG) é a oficialização das atribuições da Coordenação Regional dos Centros, responsável por melhorar a comunicação dos mesmos com a sede administrativa em Belo Horizonte (MG). Eleita por unanimidade, a responsável pela coordenação regional é Maria Alice Correa, atualmente coordenadora do Centro Educacional de Buritizeiro (MG). "Sentimos a necessidade de nos aproximarmos mais, de termos mais momento para discutir nossas necessidades e nossos avanços e ter uma representatividade na figura da coordenação regional. Trocamos experiências, ajudados um ao outro quando há dificuldades e vejo que temos conseguido avançar. Hoje a gente entende que a FUCAM é uma só, que somos uma só família e o nosso desejo é ver o nome e objetivo da FUCAM sobressair", relata Maria Alice.

Na programação do seminário também houve espaço para formação dos servidores responsáveis pelo patrimônio da instituição. A equipe do setor de Logística e Manutenção da FUCAM organizou uma série de atividades com o objetivo de melhorar o controle e manutenção dos bens públicos nos Centros Educacionais. Segundo Cid Ragnar Maia, gerente do setor, a capacitação e treinamento dos servidores são de suma importância para a realização dos trabalhos, principalmente, aqueles ligados a área administrativa, pois, o trabalho segue um fluxo e quando há “rompimento” de alguma etapa o resultado fica comprometido. “Os ATB’S receberam dois dias e meio de treinamento com a participação do Auditor Seccional da Fundação, no sentido de esclarecer sobre a importância e responsabilidades de se manter os estoques de consumo e carga patrimonial atualizados. Durante a capacitação reforçamos as funções e responsabilidades do cargo e decidimos pela criação de um grupo de comunicação entre os participantes, no sentido de propagar o conhecimento e esclarecimento de dúvidas de forma mais ágil”, relata o gerente.

No último dia do Seminário de Gestores, os coordenadores e vice-coordenadores realizaram uma visita da Fundação Helena Antipoff, em Ibirité (MG). A visita foi motivada pelo desejo de trocar experiências sobre a Educação Integral e Integrada, já que a instituição, assim como a FUCAM, também é um Polo de Educação Integral do Governo de Minas Gerais e uma referência na execução do trabalho. Segundo Dedilmo, coordenador do Centro Educacional de Esmeraldas e organizador da visita, “cada coordenador da FUCAM, com as suas particularidades, pode ver quais experiências seriam aplicáveis em cada um dos Centros Educacionais”. O resultado da visita foi positiva para os coordenadores ao ponto de motivar novas experiências de trocas de conhecimento e formas de trabalho entre as duas instituições que se estendessem a dois dias de vivência. 

Associação de Servidores da FUCAM

Criada para promover o desenvolvimento e fortalecimento das atividades da FUCAM, a Associação de Servidores da FUCAM (ASCAM), presidida por Idelino Rodrigues, recebeu novos integrantes durante do Seminário de Gestores. Incentivada pela presidência e vice-presidência, uma campanha de filiação na ASCAM foi realizada com o objetivo de fortalecer a associação que trabalha em torno da causa da “Caio Martins” e que “tem um papel fundamental no controle social no acompanhamento e fiscalização para o aprimoramento das políticas públicas desenvolvidas por nossa instituição”, reforça Gildázio Santos, vice-presidente da FUCAM.

Texto e fotos: Michelle Parron Ruiz
ASCOM FUCAM