Servidores da FUCAM durante a oficina

A partir da delimitação da missão da Fundação Educacional Caio Martins (FUCAM), elaborada em oficinas realizadas com a participação de todos os servidores da entidade, e do consequente redirecionamento estratégico das ações a serem implantadas, foi iniciado um processo de formação dos servidores.

Denominada Oficina de Construção de Saberes, trata-se de uma prática de ensino-aprendizaem que tem como objetivos a promoção de mudança institucional, o fortalecimento das ações da equipe, as transformações de práticas técnicas e sociais e a preservação da memória institucional da Fundação ao longo de sua história.


A oficina ocorre dentro do ambiente de trabalho, às sextas-feiras, de 10h as 12h. A participação dos servidores dos centros educacionais ocorre na modalidade a distância, por meio de transmissão via mídias sociais. Os temas são definidos previamente e encaminhados com antecedência, para que os servidores se preparem, e estão relacionados à criação de oportunidades para a população do campo, por meio de ações educacionais, sociais e produtivas.


Durante o primeiro semestre de 2019, alguns dos temas abordados foram “Pobreza Multidimensional”, “Vulnerabilidade Social”, “Rural e Campo” e “Economia Solidária”. Além da leitura de textos, o conhecimento foi transmitido a partir da discussão dos seguintes filmes "Amanhã (Demain) – Um Novo Mundo em Marcha" e "Trashed – Para Onde Vai Nosso Lixo". Para o segundo semestre, serão abordados assuntos relacionados à política pública da Educação. Inicialmente, haverá o estuda da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, marco regulatório do sistema educacional.


São diretrizes das oficinas a busca de conhecimentos nas áreas de atuação da FUCAM, definidas em seu novo direcionamento estratégico, a participação de todos os servidores na construção coletiva e partilha de saberes, a interação de conhecimentos objetivando gerar oportunidades para famílias e indivíduos vulneráveis do campo e o compartilhamento de conhecimentos e informações entre as equipes dos centros educacionais e sede.


Para coordenar esse processo, foi designada a equipe formada pelas colaboradoras Isabela Brum Issa Kassab, da Diretoria de Educação e Assistência, e Cléria Laia Alves, da Diretoria de Planejamento, Gestão e Finanças.
Léa Lúcia Cecílio Braga, Diretora de Educação e Assistência da FUCAM contextualiza que “nas discussões iniciais para definição da missão da FUCAM, identificamos muitos conceitos novos para a equipe e a necessidade de uma correta apropriação desse saber, fundamental para a atuação nas ações propostas.”


Alvimar José Tito, Presidente da FUCAM, ressalta que “para produzir mudanças de práticas e de gestão, é fundamental dialogar com as práticas e concepções vigentes, problematizá-las e construir novos pactos de convivência, que aproximem a FUCAM do seu público alvo – pessoas do campo em situação de vulnerabilidade.”

ASCOM FUCAM