Noticias

A Fundação Educacional Caio Martins (FUCAM) realizou a oficina “Construindo o Centro de Referência de Empreendimentos Populares Sustentáveis (CREPS)” na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, em Belo Horizonte, no dia 09 de julho de 2019.

A oficina teve como objetivo apresentar o pré-Projeto do CREPS, elaborado pela FUCAM, para conhecimento e construção coletiva com os representantes governamentais e organizações da sociedade civil.

mesa1

O CREPS se constitui em espaço multifuncional público, de caráter comunitário, para articular oportunidades de geração de renda, fortalecimento e promoção do trabalho individual e coletivo, além de oferecer formação, qualificação profissional, apoio e assessoria ao público e fortalecer empreendimentos já criados, sempre com foco nas pessoas do campo em situação de vulnerabilidade.

Léa Braga, Diretora de Educação e Assistência da FUCAM ressalta que “os CREPS irão viabilizar oportunidades de trabalho e renda para as populações mais vulneráveis do campo; fomentar a comercialização de produtos e serviços; construir relações de redes e cadeias produtivas e impulsionar o desenvolvimento local sustentável”.

lea

Com o apoio da Superintendência Central de Políticas de Recursos Humanos da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, a oficina utilizou a metodologia do worldcafé, um processo de diálogo em grupos, com enorme interação entre os participantes, cujos relacionamentos complexos e não lineares trazem resultados sistêmicos e emergentes.

Os participantes da oficina foram divididos em diversas mesas e conversaram em torno de perguntas centrais. O processo foi organizado de forma que as pessoas circularam entre os diversos grupos e conversas, conectando e polinizando as ideias, tornando visível a inteligência e a sabedoria do coletivo. Ao final do processo fez-se uma partilha das percepções e aprendizados coletivos.

 Participaram da Oficina as organizações governamentais e Sociedade civil: Conselho Estadual de Economia Popular Solidária – CEEPS, Projeto Cidadania Ribeirinha (ALMG), Projeto RONDON, SEDESE/SUBAS, SEDESE/ Sup. Integração, IDENE, Secretaria de Estado da Agricultura/Pecuária e Abastecimento SEAPA, Secretaria de Estado da Educação – SEE, Fundação Helena Antipoff, Secretaria de Desenvolvimento Econômico-ITCP, Emater e o Instituto Federal Norte de MG IFNMG, Instituto Nenuca de Desenvolvimento Sustentável –INSEA, Associação ex.servidores FUCAM, Coopersol/MNCR e Coopersoli/Rede Sol. Participaram também os coordenadores dos seis Centros educacionais da FUCAM.

Segundo Neli Medeiros, A oficina foi ótima! Com uma metodologia muito boa, que deu condições de participação de todos, ela enfatiza dizendo “Quanto ao CREPS, o nome é fácil de guardar, Centro de Referência Economia Popular Solidária, será um espaço que atenderá o público alvo que é o de baixa renda, que pratica a economia solidária entre si e não sabe, e com as oficinas, formações, capacitações, vão conseguir alcançar a renda. Espero que ele atenda também a área urbana, por que temos muita demanda de formação para áreas carentes com encaminhamento para geração de trabalho e renda! Que os oficineiros possa ser mão de obra também dos que já praticam a economia solidária.”

 

 

ASCOM FUCAM

Texto: Cesar Reis

O Centro Educacional de Buritizeiro, da Fundação Educacional Caio Martins (FUCAM), realizou no dia 13 de julho de 2019 o Sarau Luau da Oficina de Música "Projeto Desperte Seu Talento.

luau1

O Sarau Luau é um evento cultural promovido pela FUCAM de Buritizeiro, com o objetivo de apresentar à comunidade local os trabalhos realizados pelos alunos da Oficina de Música no decorrer do semestre.
Para o professor Jeanderson Karllus o "Sarau Luau é uma forma dos alunos apresentarem o que aprenderam e expressarem o talento de cada um de forma significante".

lual6

Durante o evento, cerca de 300 pessoas puderam apreciar o talento musical dos alunos participantes, ao executar performances em instrumentos de corda e de sopro apresentando vários estilos musicais, como o gospel, MPB e o sertanejo de raiz.

Texto e Foto: Maria Alice de Souza

No mês de junho, o Centro Educacional de Buritizeiro, em parceria com o SENAR-AR/MG e com o Sindicato dos Produtores Rurais de Pirapora realizou o curso “Educação na Adolescência”.

Com duração de 24 horas, o curso abordou os temas: Adolescência, suas mudanças físicas e psicológicas; Conflito de Gerações; Comunicação Assertiva; Transtornos e Doenças comuns na Adolescência; Ambiente Familiar; Interação Família-Escola; Legislação e Vulnerabilidades na Adolescência - sexualidade, violência e drogas. 

Para a Coordenadora do Centro Educacional de Buritizeiro, Maria Alice de Souza, “o curso foi de grande valia, pois os pais puderam entender a importância do novo momento vivido pelos filhos, para assim, evitar conflitos em casa e apoiá-los nos seus empreendimentos”.

O curso faz parte do Termo de Cooperação Técnica firmado entre a Fundação Educacional Caio Martins e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - Administração Regional de Minas Gerais SENAR-AR/MG e o Sindicato dos Produtores Rurais de Pirapora. 

curso educacao na adolescencia

 

Texto e imagem: Maria Alice de Souza

 

midiasdigitais Inova

Pelo período de 12 de julho a 9 de agosto de 2019 poderão ser inscritas ideias e iniciativas na 4ª edição do Prêmio Inova Minas Gerais, exclusivamente via internet no sítio eletrônico www.premioinova.mg.gov.br.

Criado em 2016, o prêmio visa estimular e valorizar ideias que fazem a diferença na rotina da administração pública estadual. Podem participar servidores e empregados públicos, estagiários e bolsistas dos quatro cantos de Minas Gerais, que atuem no Poder Executivo estadual.

O concurso apresenta duas categorias: “Ideias Inovadoras Implementáveis”, que abrange os projetos em fase inicial e que ainda não apresentam resultados; e “Iniciativas Implementadas”, que engloba ações já desenvolvidas com resultados mensuráveis.

Os três primeiros lugares de cada categoria serão premiados financeiramente e o quarto lugar será premiado com menção honrosa.

Participe!

O Centro Educacional de Buritizeiro, da Fundação Educacional Caio Martins (FUCAM), em parceria com o SENAR-AR/MG, com o Sindicato dos Produtores Rurais de Pirapora e com a SEDEST/Secretaria de Desenvolvimento Social de Buritizeiro concluiu o “Curso Artesanato com a Fibra de Bananeira” no dia 29 de junho de 2019.

20190629 164457

Com a carga horária de 40h, o curso faz parte do Termo de Cooperação Técnica firmado entre FUCAM, o SENAR-AR/MG e o Sindicato dos Produtores Rurais de Pirapora, e teve como objetivo o ensino de como confeccionar objetos utilitários e decorativos utilizando fibras de bananeira.
Na confecção de artesanato com fibra de bananeira são utilizados insumos naturais que, muitas vezes, são descartados. Além do fruto, a bananeira possui entre cinco e oito tipos de fibras diferentes, desde uma fibra mais áspera até outra de textura mais fina e delicada. Sendo todas aproveitadas na confecção.

20190625 161407

As peças produzidas por essa fibra estão recebendo reconhecimento nacional e internacional, Bolsas, carteiras, chapéus, utensílios domésticos, são vários os produtos feitos com o material. Além de ecológica e sustentável, a confecção com da fibra de bananeira gera renda para as pessoas, e movimentando a economia local.

20190629 162842

 

Texto e imagem: Maria Alice de Souza