Noticias

Gerência de Ações Educacionais da Fundação explica o funcionamento do projeto em transmissão ao vivo

ARREDONDADO GERAIZEIRO PLANEJAMENTO LIVE

Na última sexta-feira (10), a Fundação Educacional Caio Martins promoveu uma live para esclarecer dúvidas sobre o funcionamento e andamento do Projeto Geraizeiro, cujo objetivo é oferecer cursos variados nos seis municípios atendidos pela Fucam. A transmissão ocorreu pelo canal oficial da Fundação no YouTube e foi aberta ao público.

A live foi iniciada pelo presidente da Fundação, Frederico Corrêa Lima, que deu as boas-vindas a todos e explicou que o propósito do encontro era elucidar as dúvidas da comunidade atendida e das instituições interessadas no credenciamento do projeto. "O Projeto Geraizeiro levará educação de qualidade e oportunidades para centenas de pessoas nos municípios em que estamos inseridos, permitindo que essa comunidade possa estudar e se qualificar de maneira gratuita", destacou.

A transmissão ao vivo foi conduzida pela gerente de Ações Educacionais da Fucam, Esther Augusta Nunes Barbosa, com o auxílio da analista de Ações Educacionais, Alessandra Cristine, que começaram explicando todas as etapas do projeto, sua criação e objetivos. Em seguida, abriram espaço para sugestões e perguntas do público. "É uma excelente oportunidade para oferecermos cursos livres, de curta duração, com foco prático para nossa comunidade, de forma totalmente gratuita. Estamos aqui para coletar todas as sugestões e esclarecer as dúvidas", explicou Esther.

Com o projeto, a Fucam não apenas visa capacitar os alunos por meio dos cursos, mas também oferecer condições e acompanhamento posterior para que eles se insiram no mercado de trabalho ao final da capacitação. Foi o que assegurou Roberta Moreira Guimarães, diretora de Ações Educacionais, Sociais e Produtivas da Fundação, durante a live. "A ideia é que a gerência de Ações Socioprodutivas também acompanhe o aluno desde o momento da inscrição, estabelecendo uma conexão desse aluno com o mercado de trabalho", explicou.

A previsão é de que o edital do projeto seja publicado na primeira semana de dezembro. O encontro online foi crucial para esclarecer as principais dúvidas da comunidade e das instituições, como a quantidade mínima de alunos para o credenciamento de um curso, a qualificação necessária para os instrutores, a carga horária de aulas, quem poderá se inscrever e a quantidade de faltas permitidas.

Para assistir à live na íntegra no YouTube, clique aqui

Os documentos para consulta (Edital e Anexos) estão disponíveis no Portal de Compras do Estado de Minas Gerais, no endereço eletrônico: www.compras.mg.gov.br (pesquise, na página, pelo texto "Aviso de consulta pública - aviso de consulta pública - Fundação Educacional Caio Martins - Oferta de cursos livres presenciais”)

Dúvidas podem ser encaminhadas para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Fundação oferece desenvolvimento educacional através de práticas artísticas e esportivas

ARREDONDADO OFICINAS MUSICA ESPORTES

 

A Fundação Caio Martins (Fucam) é uma instituição comprometida com a promoção da educação e o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes em comunidades do campo. Por meio de suas oficinas de música e esportes, a Fucam tem contribuído para a construção de um futuro mais promissor para as novas gerações.

A oficina de música da Fucam tem, como objetivo, promover o acesso à música como um instrumento educacional. Ela oferece aos alunos a oportunidade de praticar instrumentos musicais, aprender a cantar e, assim, impulsionar seu desenvolvimento integral. As principais metas da oficina são desenvolver habilidades artístico-musicais, valorizar a cultura local, organizar apresentações em eventos na comunidade e estabelecer vínculos com outras ações educacionais já desenvolvidas pela Fucam. 

O acompanhamento e monitoramento dos projetos educacionais da Fucam são realizados periodicamente, garantindo a qualidade e eficácia das oficinas. O apoio técnico-pedagógico, registros fotográficos, registros de frequência e outros métodos contribuem para o sucesso do projeto. Além disso, a realização de concertos musicais pelos alunos e intercâmbio entre projetos fortalecem o programa de música.

Além de influenciar para uma melhor formação artística e cultural, o programa também influencia no desenvolvimento dos alunos no ambiente escolar. É o que garante Cibele, mãe de Ítalo e Iago, alunos da oficina de práticas musicais em Buritizeiro. Cibele afirma que as aulas de música ajudaram seus filhos a aumentar o foco e a responsabilidade na escola.  "Eles iniciaram em 2016 com a flauta doce e hoje estão com a flauta transversal. Eles aprenderam muito, principalmente a ter disciplina em tudo que fazem”, contou. 

O Projeto Práticas Esportivas e Cidadania da Fucam também busca promover o desenvolvimento integral dos participantes, usando o esporte como ferramenta. As principais metas das oficinas de esportes são impulsionar o desenvolvimento físico e mental dos participantes, proporcionar aprendizado e fomentar a inclusão social. 

Para oferecer uma ampla  experiência aos alunos, a Fucam implementa um sistema de rodízio de modalidades esportivas. Isso garante que os participantes tenham a oportunidade de explorar diferentes esportes ao longo do tempo.

Além de ser uma possibilidade de descontração e lazer para os estudantes,, a prática de esportes auxilia os alunos a se desenvolverem socialmente, trabalhando em grupo e ajudando na melhoria da saúde mental, como afirma Fernando Soares, pai de Davi, que é aluno da oficina em São Francisco. Ele conta que seu filho está evoluindo muito com as aulas. "O esporte ajuda a se distanciar de pensamentos negativos, muito comuns no dia a dia. Afasta a criança e o adolescente das drogas, aumenta a capacidade cognitiva do aluno, traz benefícios consideráveis à saúde e gera cooperação e socialização entre os estudantes", afirmou.

A oficina de práticas esportivas atende  todas as unidades da Fucam, já a oficina de música atende as unidades de Buritizeiro, Januária, Juvenília, São Francisco, Esmeraldas e Diamantina. 

Novas oficinas

No final de outubro, foram abertas as matrículas para as novas oficinas ofertadas pela Fundação. Os municípios atendidos contarão com práticas de dança folclórica, fanfarra e atividades que visam a promoção da saúde e do bem-estar.

Iniciativa prevê oferta de mais de 40 cursos de curta duração

live projeto geraizero

A Fundação Educacional Caio Martins (Fucam) promoverá, no próximo dia 10 de novembro, às 15h, uma live explicativa sobre o Projeto Geraizeiro, desenhado pela Fundação com o objetivo de ofertar cursos de curta duração para a comunidade atendida pela instituição. O projeto beneficiará moradores de Buritizeiro, Esmeraldas, Januária, Juvenília, Riachinho e São Francisco, cidades atendidas pelos Centros Educacionais da Fundação, e também municípios vizinhos, em caso de vagas remanescentes.

Alessandra Cristine, analista da Gerência de Ações Educacionais da Fundação explica que o objetivo da live é deixar claro para as empresas todos os critérios para participar do credenciamento. “É necessário que as instituições leiam o edital preliminar disponível na Consulta Pública  para trazer suas dúvidas e questionamentos. Precisamos ouvir os interessados no credenciamento para adequarmos nosso orçamento e alinharmos a melhor estratégia para execução do projeto”, explicou. Alessandra ainda destaca que a presença da comunidade na live é fundamental para se familiarizem com as propostas, e que todos os questionamentos apresentados serão respondidos. 

O Projeto foi pensado para suprir carências locais de ensino e mão de obra qualificada e oferecerá cursos gratuitos com duração entre 60 e 400h, conforme esclarece a gerente de Ações Educacionais da Fucam, Esther Augusta Nunes Barbosa. “O Projeto Geraizeiro pretende ofertar  mais de 600 vagas em cursos que irão auxiliar a população das cidades atendidas pela Fucam a conquistar novos postos de trabalho, desenvolver projetos de empreendedorismo, se preparar para o Enem e adquirir novas habilidades que podem trazer transformações para suas vidas pessoais e retorno socioeconômico para seus municípios”, explicou.   

Para realização dos cursos, o Edital do projeto prevê a contratação, por meio de credenciamento, de instituições públicas e privadas. Para garantir as melhores condições para oferta dos cursos, a Fucam realizou o processo de precificação, que objetiva conhecer os preços praticados pelas instituições interessadas em participar do credenciamento. Durante a live, as empresas poderão apresentar orçamentos e sugestões para complementar os dados coletados pela Fucam até então. 

Ainda segundo a gerente de Ações Educacionais, a expectativa é investir, inicialmente, cerca de 2 milhões de reais em instituições locais para a oferta de cursos que atendam às demandas de cada cidadão, potencializando o desenvolvimento socioeconômico local.

Para participar do Edital, é necessário que as instituições interessadas ofereçam cursos baseados nas temáticas selecionadas pela Fucam, observando as competências e habilidades descritas no catálogo de cursos. Outros cursos poderão ser aceitos a critério da Fundação. Os custos serão de responsabilidade da contratada, assim como espaço físico adequado, arejado e com banheiros suficientes para quantidade de cursistas, inclusive para as aulas práticas pertinentes (laboratórios, unidades didáticas e outros). Material didático, equipamentos de proteção individual, roupas adequadas; certificado impresso e online conforme modelo da Fucam, contratação de instrutores ou professores dos cursos e visitas técnicas necessárias também são responsabilidade da prestadora de serviços. 

O edital ainda salienta que o cursista não terá nenhum ônus para realizar o curso e receber a certificação e que as atividades deverão ser ofertadas de forma presencial nos territórios dos Centros Educacionais e escolas vinculadas à Fucam. 

As instituições interessadas em participar da live, tirar dúvidas e apresentar sugestões devem acompanhar a transmissão por meio do canal da Fundação Educacional Caio Martins no Youtube. 

Geraizeiro

O nome do projeto é inspirado na cultura do cerrado, que designa como Geraizeiro os camponeses que vivem nesse bioma, especialmente no Norte de Minas Gerais. “A Fucam, além de atuar em cinco municípios do Norte de Minas, ainda atende em Esmeraldas que também é coberta pelo cerrado. Além disso, o verbo "gerai" remete à esperança de gerar bons frutos, de fazer germinar algo de bom para que possamos colher, tanto no tempo presente quanto no futuro, os frutos desta ação”, contou.

Cursos

Os cursos foram pensados dentro de 12 temáticas e compreendem atividades profissionais variadas, advindas, em sua maioria, das demandas locais. 

Temática:  Ambiente e Saúde 

1 Curso: Barbeiro/Cabeleireiro  

2 Curso: Cuidador de idosos 

3 Curso: Agente funerário 

4 Curso: Cuidador infantil 

5 Curso: Maquiador 

6 Curso: Depilador 

7 Curso: Manicure/Pedicure 

8 Curso: Operador de Tratamento de Águas e Efluentes 

Temática: Engenharias e inovações tecnológicas

9 Curso: Aquecedor solar de baixo custo 

10 Curso : Captação pluvial com minicisterna 

Temática: Gestão e Negócios

11 Curso: Microempreendedor Individual (MEI) 

12 Curso: Aprender a empreender 

13 Curso: Recepcionista 

 Temática: Infraestrutura 

14 Curso: Ajudante de obras 

15 Curso: Porteiro e Vigia 

16 Curso: Caseiro 

Temática: Meio Ambiente

17 Curso: Compostagem doméstica com minhocário 

Temática: Produção alimentícia

18 Curso: Açougueiro 

19 Curso: Magarefe 

20 Curso: Confeitaria 

21 Curso: Padeiro 

Temática: Produção Cultural e Design

22 Curso: Agente cultural 

23 Curso: Assistente de costura 

24 Curso: Florista 

Temática: Produção Industrial

25 Curso: Marcenaria 

Temática: Recursos naturais

26 Curso: Apicultor 

27 Curso: Inseminador Artificial de Animais 

28 Curso: Agricultor Familiar 

29 Curso: Operador de Sistemas de Irrigação 

30 Curso: Tratorista Agrícola 

31 Curso: Operador de Máquinas e Implementos Agrícolas 

Temática: Turismo, Hospitalidade e Lazer

32 Curso: Agente de informações turísticas 

33 Curso: Auxiliar de cozinha 

34 Curso: Cozinheiro 

35 Curso: Cumim 

36 Curso: Garçom 

37 Curso: Condutor de turismo rural e de aventura 

38 Curso: Espanhol Aplicado a Serviços Turísticos 

39 Curso: Inglês Aplicado a Serviços Turísticos 

Temática:  Desenvolvimento Educacional e Social

40 Curso: Espanhol básico 

41 Curso: Espanhol Intermediário 

42 Curso: Redação para o ENEM 

Temática:  Controle e Processos Industriais

43 Curso: Mecânico de Motocicletas

Instituições públicas e privadas podem enviar Sugestões para o edital e anexos até o dia 09 de novembro de 2023

consulta pública cursos

 

O Estado de Minas Gerais, por intermédio da Fundação Educacional Caio Martins (FUCAM), convida os interessados para discutir a modelagem e apresentar críticas e sugestões para o aprimoramento do Edital — e documentos anexos — de credenciamento para a contratação futura e eventual de instituições públicas e privadas para a OFERTA DE CURSOS LIVRES PRESENCIAIS para as comunidades dos municípios em que estão localizados os Centros Educacionais da Fundação e as escolas vinculadas.

 

Os documentos para consulta (Edital e Anexos) encontram-se disponíveis no Portal de Compras do Estado de Minas Gerais, no  endereço eletrônico: www.compras.mg.gov.br (pesquise, na página, pelo texto "AVISO DE CONSULTA PÚBLICA - FUNDAÇÃO EDUCACIONAL CAIO MARTINS (FUCAM) - OFERTA DE CURSOS LIVRES PRESENCIAIS").

 

As manifestações deverão ser encaminhadas até às 17h (dezessete horas) do dia 9 de novembro de 2023, com a identificação do respectivo autor (nome, número de documento de identificação, e-mail e telefone), por meio de formulário disponível aqui. 

Dúvidas podem ser encaminhadas para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.